Tlf: +351 261 963 550

Espaços

Use a combination of the different venues to tailor-make your event

Vinha

O nosso trunfo!
Sabemos porque escolheu fazer o seu evento aqui, por isso tentamos sempre incluir os espaços exteriores. O nosso trunfo é realmente a paisagem espectacular sobre as vinhas com uma suave inclinação para o cimo, constantemente mudando com todas as cores impressionantes que as estações oferecem. O olhar segue as arrumadas filas de videiras até ao horizonte, onde eucaliptos, pinheiros mansos e carvalhos se destacam contra o céu. Nos relvados na base das vinhas, enquadrado por grandes pedras de mármore usadas antigamente para segurar os barris nas adegas, uma fila de árvores cítricas, desde as laranjas doces e amargas, tangerinas, mandarinas, clementinas e tangores exalam o aroma das suas flores. Depois da colheita o nosso rebanho de ovelhas Suffolk deambula pelo cenário... Consideramos que é uma experiência especial provar um vinho a poucos metros do local em que cresceu - não pode conseguir mais regional que isto: daqui para as adegas e de volta para o seu copo. Merece seguramente um brinde!

Os Jardins

O coração da Quinta
Na frente da casa principal partes dos jardins, pátios e terraços têm a sombra de árvores adultas. Os aperitívos são frequentemente aqui; há canteiros de alfazema e vasos de flores, sebes aparadas de buxo, roseirais, palmeiras antigas, pérgolas cobertas com vinha luxuriante e brilhantes buganvílias dão um ambiente mediterrânico. À noite a iluminação realça este cenário.

O Salão

Simplicidade e Elegância
O salão de recepções tem um passado romântico: foi aqui que supostamente o Rei Dom Luís viu a sua bonita amante real, a famosa actriz Rosa Damasceno, no palco; com a aprovação do Rei, as suas apresentações eram então produzidas em Lisboa. A construção com um atraente tecto de madeira e o pavimento original de pinho encerado, janelas em arco com vista para as vinhas e muita luz natural oferecem um cenário versátil, para ocasiões formais e menos formais.

Adega

Experiência Inesquecível
A Adega, com seus antigos tanques de fermentação em mármore, chão de pedra e os seus enormes barris com capacidade até 10.000 litros cada nunca deixa de impressionar. Os tanques de aço inoxidável e as barricas de carvalho francês ilustram o contraste entre os métodos de vinificação modernos e tradicionais, das quais algumas técnicas ainda são aplicadas hoje. Provas de vinho, almoços, jantares - a atmosfera pode ser adaptada.

Pátios

Festejar num ambiente descontraído
O pátio é versátil. Com três níveis descendentes, metade ao ar livre, metade coberto, este espaço parece maior devido a um mural "trompe l'oeil" que dá uma ilusão de paisagem, espelhando os quatro grandes arcos. À esquerda, uma fila de pequenos edifícios, antigamente usados como tanques para a refinação do azeite, define o limite da quinta no lado sul; os pavimentos são feitos na tradicional calçada portuguesa e a área exterior está decorada com ervas aromáticas plantadas em barris de vinho. Esta área é ideal para almoços informais, bufetes tradicionais, coffee breaks ou noites de fado. Nas noites frescas, a área coberta também pode ser fechada com portas de vidro. À noite, cadeias de luzes de festa conferem um toque nostálgico e festivo.

Antigo Lagar de Azeite

Um espaço versátil
Era aqui que antigamente se pisava a azeitona, os azulejos originais ainda falam dessa época. Agora é uma sala multifuncional, usada para pequenos eventos, refeições de restaurante, reuniões de negócios ou para dançar nas festas. A iluminação pode ser adaptada para criar o ambiente adequado.

Quarto de Apoio

Pequeno mas chique!
Um quarto muito pequeno mas atraente, usado idealmente como quarto de vestir durante os eventos.

A nossa Loja

Vintages especiais e muito mais
Perto da entrada principal fica a nossa loja, onde os hóspedes muitas vezes se abastecem com o que provaram, ou mesmo com o que não provaram! Para além do nosso vinho, temos azeite, mel e muitos outros produtos.

Capela

Um lugar de Culto dedicado a Sant'Ana
A capela, a parte mais antiga da propriedade, data de 1633, quando foi construída por Francisco Ruiz Salgado em honra de Santa Ana. A imagem barroca clássica mostra Santa Ana com a filha bebé, Maria, Nossa Senhora. Esta capela é bem conhecida na área pelos magníficos azulejos pintados à mão, dos séculos XVII e XVIII. A capela serviu como Igreja Paroquial quando a Igreja foi destruída pelo terramoto de 1755. A maioria das procissões passam pela Quinta. Embora não possamos realizar casamentos ou baptizados aqui, a capela está consagrada e a Santa Missa é celebrada pelo menos uma vez por mês, sendo todos bem-vindos.

Contacte-nos